SEQTRA Engenharia Logística e Negócios Sustentáveis

Brasil terá primeira borracha de cana-de-açúcar

03 dezembro 2011   //   Por Cristiano Tilli Montini   //   Notícias  //  Sem Comentários

A empresa alemã LANXESS produzirá, comercialmente, a borracha monômero de etileno propileno dieno (EPDM) com base em etileno biológico, até o final do ano. Será a primeira borracha de EPDM do mundo derivada exclusivamente do recurso renovável cana-de-açúcar. A Braskem fornecerá o etileno de base biológica, via pipeline, para a planta da LANXESS de EPDM existente em Triunfo (RS).

O EPDM é convencionalmente produzido usando como matérias-primas etileno e propileno a base de petróleo. Alternativamente, a empresa planeja usar esta forma de etileno de base
biológica, produzida através da desidratação do etanol derivado da cana de açúcar brasileira.

Segundo a LANXESS, a cidade de Triunfo produz atualmente 40 mil toneladas por ano de borracha EPDM comum. Outras unidades de EPDM da empresa estão localizadas em Geleen, na Holanda, Marl, na Alemanha e Orange e no Texas, EUA. Todos os grades de EPDM serão vendidos no futuro sob a marca Keltan.

O EPDM é usado, sobretudo, na indústria automotiva, mas também nas indústrias de modificação de plásticos, cabos e fios, paredes laterais de pneus, construção e aditivos de óleo. Suas propriedades incluem densidade muito baixa, além de boa resistência ao calor, à oxidação, a produtos químicos e a intempéries, assim como boas propriedades de isolamento elétrico.

Fonte: http://www.grupott.com.br/rc2011/index.php/noticias/variedades/brasil_tera_primeira_borracha_de_canadeacucar.html

Deixe um Comentário