SEQTRA Engenharia Logística & Negócios Sustentáveis » Sliic http://www.seqtra.com.br Tue, 11 Oct 2016 13:40:23 +0000 pt-BR hourly 1 SEQTRA recebe três prêmios no evento Transporte Responsável 2012http://www.seqtra.com.br/2012/08/13/seqtra-recebe-tres-premios-no-evento-transporte-responsavel-2012/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=seqtra-recebe-tres-premios-no-evento-transporte-responsavel-2012 http://www.seqtra.com.br/2012/08/13/seqtra-recebe-tres-premios-no-evento-transporte-responsavel-2012/#comments Mon, 13 Aug 2012 20:34:20 +0000 SEQTRA http://www.seqtra.com.br/?p=1710 A  empresa foi vencedora pela terceira vez em sustentabilidade, segunda vez como melhor transportadora de carga e primeira vez na preocupação com o fator humano

A questão da sustentabilidade nos transportes se tornou tema prioritário na agenda das transportadoras, embarcadoras e montadoras brasileiras. Para destacar as ações que essas companhias estão fazendo em prol do meio ambiente e da responsabilidade social foi entregue em São Paulo na noite de quinta-feira, 9 de agosto, o Prêmio Transporte Responsável julgado e promovido pela FABET- Fundação Adolpho Bósio de Educação no Transporte, em conjunto com a revista Transporte Mundial, da editora Motorpress.

A disputa foi forte, pois foram inscritas mais de 700 empresas, destas 57 foram classificadas e 10 ficaram entre as finalistas. E após ter recebido o mesmo prêmio em 2010 e 2011, a Seqtra – Engenharia Logística e Negócios Sustentáveis recebeu pela terceira vez o 1º lugar no IGA -Índice de Gestão Ambiental-. O IGA é obtido através de dados da empresa, considerando os aspectos ambientais de ordem legal, econômica, ambiental e ética.  Outra surpresa da noite foi a outorga para a Seqtra da 1º lugar na Categoria Transportadoras de Carga Geral, pela segunda vez. O terceiro prêmio à mesma transportadora foi na Categoria  IDH – Índice de Desenvolvimento Humano-, pela primeira vez recebida pela Seqtra.

O presidente da transportadora, Dario Palhares, comentou:  ”Esse prêmio é fruto da união do conhecimento dos nossos clientes e parceiros”, elogiou mais uma vez a iniciativa do Prêmio e disse estar orgulhoso pelo terceiro prêmio consecutivo. “Com três anos de vida, a Seqtra foi de novo  a empresa com maior pontuação no critério Responsabilidade Sócio Ambiental dentre as inscritas, nascemos com uma visão voltada para a sustentabilidade e neste ano mais uma vez mostramos um balanço real e expressivo de nossas captações de CO2 no transporte junto aos nossos clientes. Além disto, os prêmios de Índice de Desenvolvimento Humano e melhor Transportadora de Carga consolida nossa posição no mercado em tão pouco tempo de existência, concluiu o executivo.

Agora a SEQTRA se prepara para continuar crescendo e se aperfeiçoando com ajuda do sistema de gestão logística, denominado SLIIC (Soluções Logísticas Inteligentes & Itens Controlados), que visa fazer o controle logístico de toda a operação de transporte em tempo real, onde dentre outras informações, como a captação de CO2 emitidas pelos caminhões, fará análise do comportamento do condutor no percurso e outras medições importantes.

]]>
http://www.seqtra.com.br/2012/08/13/seqtra-recebe-tres-premios-no-evento-transporte-responsavel-2012/feed/ 1
Truck Time – SEQTRA Engenharia (Revista Transporte Mundial)http://www.seqtra.com.br/2012/01/04/truck-time-seqtra-engenharia-revista-transporte-mundial/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=truck-time-seqtra-engenharia-revista-transporte-mundial http://www.seqtra.com.br/2012/01/04/truck-time-seqtra-engenharia-revista-transporte-mundial/#comments Wed, 04 Jan 2012 12:45:54 +0000 SEQTRA http://www.seqtra.com.br/?p=1460 Confira a matéria sobre a SEQTRA na revista Transporte Mundial (edição 102), relatando sobre a nova área de atividade da empresa: Consultoria e Sistemas Inteligentes para o modal.

]]>
http://www.seqtra.com.br/2012/01/04/truck-time-seqtra-engenharia-revista-transporte-mundial/feed/ 0
Multimodal – Na Seqtra, utilização do SLIIC poderá ser expandida para embarcadoreshttp://www.seqtra.com.br/2011/09/21/multimodal-na-seqtra-utilizacao-do-sliic-podera-ser-expandida-para-embarcadores/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=multimodal-na-seqtra-utilizacao-do-sliic-podera-ser-expandida-para-embarcadores http://www.seqtra.com.br/2011/09/21/multimodal-na-seqtra-utilizacao-do-sliic-podera-ser-expandida-para-embarcadores/#comments Wed, 21 Sep 2011 14:02:04 +0000 SEQTRA http://www.seqtra.com.br/?p=1087

Os quase 900 veículos que compõem a frota da Seqtra Engenharia Logística & Negócios Sustentáveis (Fone: 31 3333.0018) são controlados pelo SLIIC – Soluções Logísticas Inteligentes & Itens Controlados, sistema de gestão logística implantado em 2009. E a utilização da tecnologia deverá chegar em breve a alguns embarcadores, que estão em fase de negociação com a companhia.

“Estamos negociando com grandes embarcadores no Brasil para a expansão da utilização do SLIIC”, conta o presidente da Seqtra, Dario Palhares, revelando que o sistema é capaz de controlar veículos, notas fiscais e itens online, realizando, inclusive, os cálculos das emissões de gases de efeito estufa por unidade/item transportado, do embarque à entrega, informando ao final de cada transporte o balanço das emissões, seja da Seqtra ou de terceiros.

A solução foi criada para suprir a necessidade de grandes embarcadores com enorme complexidade logística de terem um sistema versátil que pudesse fazer interface com os outros modais, eliminando buracos negros na operação. Por isso, a principal característica do sistema é transformar dados em informações estratégicas para maior produtividade na logística e medição de OTIF, indicador utilizado para medir a performance logística de atendimento ao cliente.

Com a adoção do SLIIC, o usuário passa a ter a possibilidade de, em cima de uma única base de dados, implementar processos de otimização da logística, inclusive para a reversa. “O sistema contribui diretamente para um melhor fluxo dos processos lógicos e minimiza consideravelmente os custos com fluxo cruzado”, explica Palhares. “Ele busca otimizar os recursos disponíveis para melhor atendimento as demandas lógicas dos embarcadores, a fim de proporcionar maior rentabilidade à sua operação”, complementa.

Como está em funcionamento em toda a frota da Seqtra, a solução é utilizada nas operações de todos os clientes e o seu desenvolvimento é constante, visando ao aperfeiçoamento 24 horas por dia. Assim, a companhia, desde a implantação, vem colhendo resultados importantes, como o maior controle de ativos e a redução de custos, ao reduzir a ociosidade nas operações logísticas. Além disso, a tecnologia permite à empresa executar os três tópicos do GHG Protocol: pegada do carbono, balanço das emissões e compensações.

O viés ambiental é o principal foco do SLIIC, que foi desenvolvido através de módulos, sendo que cada cliente pode controlar desde o aceite de pedidos, passando pelas etapas de planejamento de produção, controle da produção, expedição dos itens e controle de estoques, entre outros processos. Todas as informações são repassadas ao sistema, que disponibiliza e localiza em tempo real – via web ou smartphone – não só o veículo, mas cada item sob a logística da Seqtra.

Por meio da tecnologia, é possível captar o gás carbônico e realizar a respectiva compensação com a aquisição de créditos de carbono ou aplicação em recursos em programas de restauração ambiental. Além disso, das configurações do SLIIC, 70% são padrão e os outros 30% deverão ser customizados de acordo com a empresa ou com o modal em que for implantada a ferramenta.

Em 2010, a Seqtra – sigla que significa sustentabilidade, evolução, qualidade, tecnologia, rastreabilidade e assertividade – transportou 950 mil toneladas de carga, alcançando um faturamento de R$ 75 milhões. A previsão para 2011 é de movimentar 1,2 milhão de toneladas e faturar entre R$ 100 milhões e R$ 120 milhões.

Entre próprios e agregados, sua frota tem idade média de quatro anos e atende às demandas de dois clientes das regiões Sul e Sudeste: a Usiminas e a ArcelorMittal. A Seqtra utiliza como base suas 11 filiais, localizadas principalmente no eixo São Paulo e Minas Gerais. Ainda para 2011, deverá inaugurar três novas filiais: Vitória, ES, e São Francisco do Sul, SC, para atender a Arcelor Mittal, e Volta Redonda, RJ, para atender à CSN – Companhia Siderúrgica Nacional.

Fonte: Portal Logweb - http://www.logweb.com.br/novo/conteudo/noticia/27679/multimodal–na-seqtra-utilizacao-do-sliic-podera-ser-expandida-para-embarcadores/

]]>
http://www.seqtra.com.br/2011/09/21/multimodal-na-seqtra-utilizacao-do-sliic-podera-ser-expandida-para-embarcadores/feed/ 0
ArcelorMittal planta ideias de preservaçãohttp://www.seqtra.com.br/2011/09/16/arcelormittal-planta-ideias-de-preservacao/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=arcelormittal-planta-ideias-de-preservacao http://www.seqtra.com.br/2011/09/16/arcelormittal-planta-ideias-de-preservacao/#comments Fri, 16 Sep 2011 19:38:21 +0000 SEQTRA http://www.seqtra.com.br/?p=1061 Entre os muitos afluentes que cortam o rio das Velhas em Minas Gerais, o rio Taquaraçu tem importância vital e é um dos trechos com melhores condições hídricas de toda a bacia. Para garantir a qualidade da água, é necessário preservar as matas ciliares desse curso d’água, essenciais para evitar o assoreamento na região. Nesse sentido, a ArcelorMittal, empresa do setor siderúrgico que tem uma unidade na região, decidiu compensar as emissões de gases de efeito estufa gerados no transporte rodoviário de seus produtos construindo um viveiro, onde serão plantadas mudas que serão destinadas à recuperação de matas ciliares, de nascentes ou de áreas degradadas.

Como calcular as emissões

A Seqtra é uma empresa de transporte rodoviário criada em 2009 e que tem a sustentabilidade no centro de seus projetos. Com base em um levantamento sobre as emissões de poluentes na área de transporte de cargas, realizado em 2008, a Seqtra percebeu que os setores de mineração e siderurgia, juntamente com o transporte rodoviário, seriam os maiores poluidores dos próximos 30 anos. Assim nasceu o desafio da empresa de criar um processo sustentável para o transporte de aço.

Para saber a quantidade de poluentes que estava emitindo, a empresa decidiu criar um software chamado SLIIC (Soluções Logísticas Inteligentes & Itens Controlados). O programa conta com vários parâmetros para calcular a emissão de gases de efeito estufa no transporte de um trecho por caminhão, como o plano da rota, a condição da estrada, o relevo (retas, subidas ou descidas) e o modelo do caminhão.

“Ao final da viagem, o sistema avisa quantos quilômetros foram rodados, o consumo de diesel e a quantidade de emissões de gases estufa. Uma empresa de auditoria independente contratada pela Seqtra verifica se as informações calculadas por nós estão corretas para checar esses dados com o GHG Protocol (protocolo padrão utilizado por empresas e governos em todo o mundo na medição de gases estufa). Após este processo, a Seqtra elabora um relatório, que é enviado periodicamente para as empresas terem esse balanço”, explica Dário Palhares, presidente da Seqtra.

O software é adaptado para a atividade de cada empresa que contrata a Seqtra. “Das configurações do SLIIC, 70% são padrão e os outros 30% deverão ser customizados de acordo com a empresa ou com o modal que implantar a ferramenta”, explica Palhares.

O projeto de compensação dos gases estufa produzidos durante o transporte dos produtos da Arcelor-Mittal começou no início de 2010. Para fazer essa compensação, era necessário saber a quantidade de gases gerados, o que resultou na contratação da empresa Seqtra, que fazia o transporte rodoviário da unidade que a ArcelorMittal mantém no município de Sabará, Região Metropolitana de Belo Horizonte, aos pontos de distribuição das regiões Sul e Sudeste e calculou o total das emissões no ano de 2009.

Por meio de um software desenvolvido especialmente para o cálculo dessas emissões, a Seqtra consegue medir a quantidade de dióxido de carbono (CO2) emitida por sua frota de caminhões em cada trecho percorrido pelos caminhões (veja Box). Assim, a ArcelorMittal passou a ter um verdadeiro raio-X dos gases que o transporte de seus produtos liberava na atmosfera.

Com os números das emissões em mãos, a próxima etapa seria compensar esses gases. “Em um primeiro momento, o total de CO2 emitido foi compensado com a compra de créditos de carbono do mercado voluntário. Além desse tipo de compensação, pensamos que outra importante contribuição poderia ser a destinação de recursos para preparação e plantio de mudas de árvores destinadas à recuperação de matas ciliares, de nascentes ou de áreas degradadas”, explica o gerente de Meio Ambiente da ArcelorMittal, José Otávio Andrade Franco.

A partir daí surgiu a ideia da criação de um viveiro de mudas em terreno cedido em comodato pela ArcelorMittal Sabará na Usina Hidrelétrica Madame Denise, situada no município de Taquaraçu de Minas, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A empresa já participava do subcomitê de bacias hidrográficas do rio das Velhas, Taquaraçu e Sabará com a intuito de fortalecer parcerias de preservação do meio ambiente na região.

Em diálogo com representantes do Projeto Manuelzão, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), a empresa cedeu a área de 1.275 m² ao Programa de Recuperação Ambiental da Bacia Hidrográfica do Rio Taquaraçu. O espaço abrigará um centro de apoio e um viveiro de 588,6 m² para o plantio de quase 24 mil mudas de árvores de espécies do Cerrado e da Mata atlântica.

O Projeto Manuelzão ajudará na parte técnica da instalação do viveiro, dando suporte na escolha das mudas e no diagnóstico das áreas a serem recuperadas. “O viveiro é apenas uma parte do nosso trabalho de recuperação da bacia do Taquaraçu. A articulação de diversos segmentos da sociedade nesse projeto está sendo essencial para o trabalho de preservação da região”, explica o presidente do comitê da bacia do Rio das Velhas e um dos coordenadores do Projeto Manuelzão, Rogério Sepúlveda.

A ideia é que o viveiro em Taquaraçu seja apenas o primeiro de muitos. “O objetivo é investir em um projeto próximo da unidade industrial, junto à comunidade. Este projeto será um piloto que as par-cerias pretendem expandir para outras regiões”, explica José Otávio. O viveiro tem previsão para estar concluído até o final desse ano.

A bacia do Taquaraçu tem cidades com áreas de agropecuária e o desmatamento avança na região. “As nascentes estão secando nessas áreas. O assoreamento está aumentando por conta do desmatamento para criar áreas de pastagem. Com a recuperação da mata ciliar por meio dessas mudas que virão dos viveiros, evitamos o assoreamento e aumentamos a vazão e a qualidade da água na região”, explica a analista ambiental e coordenadora do Subcomitê do Rio Taquaraçu, Derza Nogueira.

Para a analista, o projeto do viveiro que será desenvolvido pela ArcelorMittal com os parceiros na bacia do Taquaraçu tem caráter pioneiro, pois traz benefícios imediatos e próximos à comunidade que vivencia a atividade da ArcelorMittal. “Antes, as compensações eram feitas em outros lugares mais distantes e a comunidade não percebia os resultados. Agora, a compensação é feita próxima da atividade industrial e beneficia essa mesma comunidade”, explica.

Derza Nogueira ressalta que a população local precisa da água do Taquaraçu para sua sobrevivência. “Essa região ainda precisa e muito da água do rio. Essas medidas de preservação e recuperação de mata ciliar ficam mais baratas do que quando a situação estiver pior, com um rio assoreado e poluído”, conclui.

O presidente da Seqtra, Dário Palhares, empresa que calculou as emissões da ArcelorMittal, ressalta que o viveiro continuará em funcionamento mesmo depois de compensadas as emissões, ultrapassando o propósito inicial da iniciativa. “Mesmo depois de o viveiro haver alcançado seu objetivo, a compensação das emissões, ele continuará com a comunidade, pois trata-se de um projeto social que vai gerar renda e progresso para a região. Estamos dando um passo a mais ao incluir a sociedade nesse processo”, destaca Dário Palhares.

A matemática da Compensação

• Em 2010, a ArcelorMittal emitiu 1.234,79 tonelada de CO2/equivalente no transporte de seus produtos, valor calculado pela Seqtra.

• Cinco mudas plantadas compensam 1 tonelada de CO2/equivalente. Portanto, para compensar 1.234,79 tonelada de CO2 são necessárias 6.173,95 mudas.

• O viveiro na usina Madame Denise tem capacidade para 24 mil mudas, o que será suficiente para neutralizar as emissões da ArcelorMittal em 2010.

Fonte: Edição Especial - Indústria e Meio Ambiente (17 agosto 2011) - http://www.sinpapel.com.br/Noticias/noticias3101RevistaMeioAmbiente.pdf

 

]]>
http://www.seqtra.com.br/2011/09/16/arcelormittal-planta-ideias-de-preservacao/feed/ 0
SEQTRA é Bi-Campeã no prêmio de melhor Transportadora em Sustentabilidadehttp://www.seqtra.com.br/2011/08/18/seqtra-e-bi-campea-no-premio-de-melhor-transportadora-em-sustentabilidade/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=seqtra-e-bi-campea-no-premio-de-melhor-transportadora-em-sustentabilidade http://www.seqtra.com.br/2011/08/18/seqtra-e-bi-campea-no-premio-de-melhor-transportadora-em-sustentabilidade/#comments Thu, 18 Aug 2011 13:32:26 +0000 SEQTRA http://www.seqtra.com.br/?p=1034

A  empresa foi vencedora pela segunda vez na categoria “IGA” no “Prêmio Transporte Responsável 2011” promovido pela FABET

 

Pelo segundo ano consecutivo, foi entregue em São Paulo na noite de terça-feira, 16 de agosto, o Prêmio Transporte Responsável 2011, promovido pela FABET- Fundação Adolpho Bósio de Educação no Transporte, em conjunto com a revista Transporte Mundial.

E após ter recebido o mesmo prêmio no ano passado, a Seqtra – Engenharia Logística e Negócios Sustentáveis recebeu de novo o 1º lugar no IGA (Índice de Gestão Ambiental). O IGA é obtido através de dados da empresa, considerando os aspectos ambientais de ordem legal, econômica, ambiental e ética. A disputa foi acirrada, pois foram inscritas ____ empresas, destas ___foram classificadas e 10 ficaram entre as finalistas. Nos cases, a Seqtra ficou entre as cinco finalistas.

O presidente da transportadora, Dario Palhares, elogiou mais uma vez a iniciativa do Prêmio e disse estar orgulhoso pelo segundo prêmio consecutivo. “Com dois anos de vida, a Seqtra foi de novo  a empresa com maior pontuação no critério Responsabilidade Sócio Ambiental dentre as inscritas, nascemos com uma visão voltada para a sustentabilidade e neste ano mais uma vez mostramos um balanço real e expressivo de nossas captações de CO2 na transporte junto aos nossos clientes. Além disto “ Evoluímos em todos os Sentidos “ quando incorporamos a visão da cultura pela sustentabilidade junto a comunidade onde operamos, com apoio incondicional de nossos clientes e parceiros, possibilitando mais uma vez ganharmos este prêmio tão importante. “, comentou o executivo.

“Fazíamos  apenas a compensação para os nossos clientes por meio da compra de créditos de carbono no mercado. Agora buscamos e desenvolvemos programas de sustentabilidade, com na recuperação de rios e matas ciliares, com apoio direto da sociedade local, onde podemos aplicar estes recursos em parcerias, como o no case em conjunto com a ArcelorMittal, em Minas Gerais, ” acrescenta  Palhares.

“O foco atual é fortalecer a Gestão da Segurança Viária e Veicular em suas operações logísticas, para isto formamos uma nova parceria com a conceituada empresa multinacional CEPA SAFE DRIVE, com larga experiência e capacitação para contribuir com o propósito de “Zerar nossos Acidentes” e gerar valor em nossos índices de ISV e IDH”, conclui  o presidente da Seqtra.

Agora a SEQTRA se prepara para crescimento duradouro e continuo, solidificada com seu sistema de gestão logística e de terceiros, denominado SLIIC (Soluções Logísticas Inteligentes & Itens Controlados), que visa fazer o controle logístico de toda a operação de transporte em tempo real, onde entre outras informações aponta a contabilização das emissões de CO2 emitidas pelos caminhões, consolidação de cargas e balanço de emissões realizadas e evitadas. O fornecimento destas soluções de sistemas é todo integrado na base SAP, para qualquer modelo de embarcador.

 

]]>
http://www.seqtra.com.br/2011/08/18/seqtra-e-bi-campea-no-premio-de-melhor-transportadora-em-sustentabilidade/feed/ 0
SEQTRA contrata a CEPA para o primeiro processo de Segurança em Transportadorahttp://www.seqtra.com.br/2011/08/10/seqtra-contrata-a-cepa-para-o-primeiro-processo-de-seguranca-em-transportadora/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=seqtra-contrata-a-cepa-para-o-primeiro-processo-de-seguranca-em-transportadora http://www.seqtra.com.br/2011/08/10/seqtra-contrata-a-cepa-para-o-primeiro-processo-de-seguranca-em-transportadora/#comments Wed, 10 Aug 2011 17:04:09 +0000 SEQTRA http://www.seqtra.com.br/?p=988 Em mais uma ação inovadora para consolidar sua visão “ Evolução em todos os Sentidos “, a SEQTRA – Engenharia Logística e Negócios Sustentáveis -acaba de formar uma parceria duradoura com uma das maiores empresas de segurança viária no mundo e com aval da ONU, a CEPA Safe Drive que acaba de ser contratada pela SEQTRA para desenvolver um projeto de segurança veicular exclusivo aplicado os seus motoristas e caminhões no transporte de materiais siderúrgicos, mineração e carga geral.

O projeto consiste na criação do “MCSV “ – Manual de Condução de Segurança Veicular – voltado para as operações logísticas da SEQTRA principalmente para o setor siderúrgico e de mineração, contudo este manual atenderá toda demanda logística da SEQTRA independente a característica da carga.

Assim que finalizado, com a criação de um manual único, este processo de gestão de segurança será o primeiro desenvolvido pela CEPA para uma empresa de transporte e logística no Brasil.

Uma das Inovações será o uso de telemetria em todos os veículos para monitorar e assessorar os motoristas para uma condução segura focando o “ Zero Acidentes “ na operação da SEQTRA.

“No momento que criamos este projeto, pensamos em evoluir significativamente no aperfeiçoamento da nossa gestão de segurança. Com sensores implantados nos veículos e um treinamento específico, nossas operações estarão mais seguras. Com mais esta ação afirmamos nosso propósito pelo lutar ao máximo pela redução de nossas emissões de carbono e sempre buscar a marca de zero de acidentes. Não é a toa que a Sustentabilidade, é a base da nossa marca”, comentou Dario Palhares , presidente da SEQTRA.

CEPA – Centro de Prevenção de Acidentes- Fundado em 1987 por um grupo de engenheiros, técnicos e especialistas em segurança viária, a CEPA desenvolve, implanta e administra programas de controle e gestão de riscos gerados por acidentes de trânsito. Os serviços oferecidos permitem a obtenção de melhores índices de segurança na frota através da disseminação de conhecimento e reforço da conscientização daqueles funcionários que operam veículos a serviço da empresa.

SEQTRA – A primeira na captação e compensação de CO2- Com matriz em Caxias do Sul, RS, a SEQTRA conta com uma frota de 800 caminhões, entre próprios e agregados, para atender a demandas proeminentes nas regiões Sul e Sudeste, de seus dois grandes clientes: USIMINAS e ArcelorMittal. Utiliza como base suas 11 filiais, localizadas principalmente no eixo São Paulo e Minas Gerais. Ainda para 2011, a transportadora anuncia a abertura de três novas filiais: Vitória (ES) e São Francisco do Sul (SC), para atender a demandas da Arcelor Mittal, e Volta Redonda (RJ), que atenderá à CSN (Companhia Siderúrgica Nacional).

A empresa desenvolveu um sistema único, o SLIIC, que além de gerenciar todo o processo logístico também contabiliza e faz o balanço das emissões de CO2 em tempo real, do embarque até a entrega do produto. Estas informações se traduzem em ações socioambientais, com destaque para os projetos de restauração florestal de matas ciliares em parceria com os clientes e organizações ambientais e sociais localizadas no em torno do próprio projeto.

Fonte: Portal Fator - 09/08/2011 – 09:36

 

]]>
http://www.seqtra.com.br/2011/08/10/seqtra-contrata-a-cepa-para-o-primeiro-processo-de-seguranca-em-transportadora/feed/ 0
Impacto Controladohttp://www.seqtra.com.br/2011/04/12/impacto-controlado/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=impacto-controlado http://www.seqtra.com.br/2011/04/12/impacto-controlado/#comments Tue, 12 Apr 2011 18:46:24 +0000 SEQTRA http://www.seqtra.com.br/?p=438 TECNOLOGÍSTICA

INTERMODAL

SLIIC, da Seqtra, calcula emissões de CO2 enquanto rastreia as operações logísticas

Durante a Intermodal 2011, a Seqtra, empresa gaucha especializada em logística rodoviária e transporte de material siderúrgico, apresentou ao segmento logístico o SLIIC (Solução Logística Inteligentes & Itens Rastreados), um sistema que, enquanto rastreia as cargas, contabiliza as emissões de CO2 dos caminhões em tempo real, desde o embarque até a entrega final dos produtos.

Dario Palhares, presidente da empresa, explica que o Sistema foi desenvolvido através de módulos, nas quais cada cliente pode controlar desde o aceite de pedidos, passando pelas etapas de planejamento e controle de produção, expedição dos itens, controle de estoques, entre outros acessórios. Todas as informações obtidas são repassadas ao SLIIC que, ao mesmo tempo em que disponibiliza e localiza – via Web ou Smartphone, não somente o veículo, mas cada item sob a logística da Seqtra, também calcula as emissões de CO2 por item desde o efetivo carregamento até a finalização das entregas, gerando informações importantes para a compensação das emissões.

Segundo Pedro Staudt, consultor em Sustentabilidade da Ecosfera 21, empresa que desenvolveu o projeto em conjunto com a Seqtra, uma das maiores vantagens do Sistema é ter o controle da carga em tempo real juntamente com o montante consolidado, anual ou mensalmente, do quanto foi economizado em emissão de CO2. “É a ação ambiental caminhando ao lado do controle das operações logísticas”, considera Staudt.

Ele explica que 70% das configurações do SLIIC é padrão; os outros 30% deverão ser customizados de acordo com a empresa ou com o modal que implantar a ferramenta. “Ao contrário de encarecer o custo das operações, o SLIIC foi concebido para conferir maior produtividade e lucratividade aos processos”, ressalta.

 

Com uma frota de 800 caminhões, entre próprios e agregados, e apenas pouco mais de um ano e meio de atuação no mercado, a Seqtra conquistou clientes de peso no mercado como Usiminas e ArcelorMittal. Aliás, um dos diferenciais que pesou favoravelmente na escolha da ArcelorMittal pela Seqtra foi exatamente a identificação com a proposta de logística eficiente aliada à responsabilidade ambiental defendida pela transportadora.

O supervisor de meio ambiente da ArcelorMittal, Rodrigo de Almeida, explica que, como a compensação para emissões de CO2 pode ser feita através da compra de créditos de carbono, reflorestamento ou com o desenvolvimento de projetos socioambientais e culturais, a empresa optou por investir em projetos florestais, inicialmente na cidade de Sabará, em Minas Gerais. “Além de traçar retorno concreto de geração de trabalho e renda às comunidades em que atuamos, o projeto fortalece a imagem da ArcelorMittal como empresa sustentável. Brevemente iremos ampliar o projeto para todas as nossas unidades espalhadas pelo país”, ressalta Almeida.

 

Verde desde o embrião

Palhares conta que o Sistema nasceu praticamente junto com a empresa. Em 2008, quando foram iniciadas as prospecções para abertura da transportadora, o executivo também solicitou um mapeamento das emissões de CO2 provenientes do setor siderúrgico até o ano de 2030, uma vez que o transporte de aço e minérios seria o foco de atuação da Seqtra. “Foi constatado que o setor de mineração e siderurgia e o modal rodoviário de transporte ficam no topo da lista de atividades que produzem os maiores volumes de emissões de gás carbônico, ou seja, nos próximos anos, seria gerado um enorme dano ambiental caso não fossem adotadas algumas medidas de controle de emissões”, ressalta o executivo.

A partir daí, foi contratada a Consultoria Ecosfera 21, que iniciou a parametrização das futuras emissões da Seqtra. Paralelamente, uma equipe de analistas de software desenvolveu um programa que atendesse às propostas da empresa: criar um processo sustentável para operações de transporte de aço com uma solução logística eficiente. “O principal desafio foi identificar as rotas da transportadora em tempo real e consolidar as informações”, conta Staudt, da Ecosfera 21.

O consultor revela que o inventário de emissões da Seqtra, ao longo de 2010, atingiu 16 mil toneladas de CO2. A compensação, diz, será feita através do plantio, na razão de cinco árvores para cada tonelada de gás carbônico emitido – ou seja, 80 mil árvores serão plantadas, o que corresponde a 50 hectares ou 500 mil m² de área.

http://www.tecnologistica.com.br/site/5,1,16,28121.asp

 

 

]]>
http://www.seqtra.com.br/2011/04/12/impacto-controlado/feed/ 0
SEQTRA na Intermodal 2011http://www.seqtra.com.br/2011/04/07/seqtra-na-intermodal-2011/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=seqtra-na-intermodal-2011 http://www.seqtra.com.br/2011/04/07/seqtra-na-intermodal-2011/#comments Thu, 07 Apr 2011 19:04:13 +0000 SEQTRA http://www.seqtra.com.br/?p=472 Intermodal 2011: Seqtra divulga software que controla emissões de CO2

07 April 2011

 

Sonia Crespo, da Intermodal South America, em SP.

Um aprimorado sistema de gerenciamento de operações de frotas de caminhões, que também calcula o volume de emissões de CO2, chamado Sliic, foi divulgado ontem na Intermodal South America pela empresa Seqtra Engenharia Logística.

“O Sliic contabiliza as emissões de CO2 de veículos de carga em tempo real, desde o embarque até a entrega final do produto. Todo esse processo é acompanhado pelo embarcador. Os resultados permitem a troca desses volumes por créditos de carbono ou por ações sócio-ambientais para a comunidade, decisão que caberá ao fabricante da carga”, detalha o presidente da empresa, Dario Palhares.

Com pouco mais de um ano de atividades, a Seqtra já opera uma frota de 800 caminhões, próprios e agregados, com idade média de quatro anos, para atender demandas proeminentes das regiões Sul e Sudeste, de seus dois principais clientes: Usiminas e ArcelorMittal.

O analista de Meio Ambiente da AcelorMittal, Rodrigo Almeida, destacou as vantagens do software: “Os ganhos para o fabricante são diversificados. Nós fazemos uso de recursos hídricos da região, e por isso precisamos preservá-los. Ao mesmo tempo, quando se pensa em integrar métodos produtivos a soluções ambientais, melhora muito a relação com a comunidade”, enfatiza.

Em 2010, a Seqtra (sigla para sustentabilidade, evolução, qualidade, tecnologia, rastreabilidade e assertividade) movimentou 950 mil toneladas de carga. Para este ano, diz Palhares, as previsões são de aumentar em 30% esse volume. (Foto: Divulgação)

http://www.globalonline.net.br/main-content/full/intermodal-2011-seqtra-divulga-software-que-controla-emiss-es-de-co2

 

]]>
http://www.seqtra.com.br/2011/04/07/seqtra-na-intermodal-2011/feed/ 0
SEQTRA apresenta na Intermodal sistema para medição online de CO2http://www.seqtra.com.br/2011/04/07/seqtra-apresenta-na-intermodal-sistema-para-medicao-online-de-co2/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=seqtra-apresenta-na-intermodal-sistema-para-medicao-online-de-co2 http://www.seqtra.com.br/2011/04/07/seqtra-apresenta-na-intermodal-sistema-para-medicao-online-de-co2/#comments Thu, 07 Apr 2011 15:08:42 +0000 SEQTRA http://www.seqtra.com.br/?p=429 Portal LOG WEB

Seqtra apresenta na Intermodal sistema para medição online de CO2

Notícia | 07 de Abril de 2011
Pela primeira vez em um evento do porte da Intermodal, a Seqtra Engenharia Logística & Negócios Sustentáveis demonstrou na feira o sistema SLIIC, que realiza a medição online do CO2 emitido durante o trajeto de seus caminhões da fábrica até a entrega final do produto.

A Seqtra irá investirá este ano cerca de 30 milhões de reais em equipamentos e tecnologia na empresa. Para 2011, a transportadora anuncia a abertura de três filiais: Vitória (ES) e São Francisco do Sul (SC), para atender a demandas da ArcelorMittal, e Volta Redonda (RJ), que atenderá à CSN (Companhia Siderúrgica Nacional).

A feira Intermodal acontece até hoje no Expo Transamérica, em SP, das 13h às 21h.

 

]]>
http://www.seqtra.com.br/2011/04/07/seqtra-apresenta-na-intermodal-sistema-para-medicao-online-de-co2/feed/ 0
SEQTRA adota medidas ambientaishttp://www.seqtra.com.br/2011/04/07/seqtra-adota-medidas-ambientais/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=seqtra-adota-medidas-ambientais http://www.seqtra.com.br/2011/04/07/seqtra-adota-medidas-ambientais/#comments Thu, 07 Apr 2011 13:50:27 +0000 SEQTRA http://www.seqtra.com.br/?p=427 ESCRITO POR REDAÇÃO WEBTRANSPO: ELIANE LEITE

Empresa soma o CO2 emitido em transporte

Empresa oferece rastreamento integral da carga por meio do SLIIC

Os trabalhos da Seqtra no setor de logística levaram a empresa a pensar em iniciativas de preservação ambiental com foco em sustentabilidade. Assim, a empresa criou, em 2009, o SLIIC, que contabiliza as emissões de CO2 do transporte rodoviário de carga em tempo real – desde o embarque até a entrega final do produto.

Como o SLIIC permite ao cliente a rastreabilidade dos produtos transportados via Internet, o sistema, segundo a empresa, foi desenvolvido por meio de módulos que possibilitam a interação dele nos processos de pedido, planejamento e controle de produção, expedição dos itens e controle de estoque.

De acordo com a empresa, a solução é pioneira no segmento de logística rodoviária e incentiva a adoção de iniciativas sócio-ambientais entre os clientes. Como no caso da Arcelor Mittal, um dos principais clientes da empresa, que anunciou durante a 17ª edição da Intermodal, que acontece até esta quinta-feira, 7, em parceria com a Seqtra ,um projeto para compensação de carbono.

Conforme explicação da Seqtra, ao ter a possibilidade de contabilizar o CO2, a empresa pode realizar a respectiva compensação adquirindo créditos de carbono ou com programas de reflorestamento.

No caso da Arcelor a compensação será feita com o plantio de plantas nativas. José Otávio Andrade Franco, gerente de meio ambiente, afirmou durante o evento que no momento o projeto, ainda em fase piloto, passa por três etapas para ser concretizado. Segundo ele, uma reunião com responsáveis da empresa já foi realizada, e os outros passos são: “comodato para instalação do viveiro, que terá capacidade para 21 mil mudas por ano, e repasse do recurso”, disse.

A solução

Com base em um levantamento sobre as emissões de poluentes na área de transporte de cargas, realizado em 2008, a Seqtra percebeu que os setores de mineração e siderurgia, juntamente com o transporte rodoviário, seriam os mais poluidores pelos 30 anos seguidos.

Assim, nasceu o desafio da empresa de criar um processo sustentável para o transporte de aço. “O desafio consistiu em identificar as rotas da transportadora, em tempo real, e consolidar informações”, comentou Pedro Staudt, consultor ambiental da empresa.

Atualmente, a compensação de emissões de carbono fica a critério do cliente, que pode optar por reflorestamento, desenvolvimento de projetos socioambientais e culturais ou compra de créditos de carbono.

Em 2010, a operadora transportou 950 mil toneladas de carga e faturou R$ 750 milhões. Para este ano, a perspectiva é movimentar 1,2 milhão de toneladas e faturar entre R$ 100 milhões e R$ 120 milhões.

Para isso, a Seqtra já realiza investimentos da ordem de R$ 30 milhões em equipamentos e novas tecnologias. Ainda neste ano, a empresa programa a abertura de três filiais, uma em Vitória, no Espírito Santo, e em São Francisco do Sul, em Santa Catarina, para atender uma nova demanda da Arcelor Mittal, e outra em Volta Redonda, RJ, para atender à CSN (Companhia Siderúrgica Nacional).

 

http://www.webtranspo.com.br/logistica/22013-seqtra-logistica-leva-a-acao-ambiental

]]>
http://www.seqtra.com.br/2011/04/07/seqtra-adota-medidas-ambientais/feed/ 0