SEQTRA Engenharia Logística e Negócios Sustentáveis
Exibindo os artigos Taggeados com "Programa Na Mão Certa | SEQTRA Engenharia Logística & Negócios Sustentáveis"

Inscrições do 6º Encontro Empresarial do PNMC estão abertas

27 julho 2012   //   Por SEQTRA   //   Notícias  //  Sem Comentários

No dia 22 de agosto, acontece em São Paulo o 6º Encontro Empresarial do Programa Na Mão Certa, que este ano conta com apoio institucional da Arcor do Brasil e Gerdau; patrocínio da Arcor do Brasil, Furnas Centrais Elétricas e Volvo; apoio da Transportadora Rápido Tubarão, Transportadora Gorgonho, Treelog, RDF e SABB. As inscrições começaram no dia 25 de Julho de 2012.

A programação do evento, elaborada em parceria com o Comitê de Gestão Participativa, apresenta painéis temáticos que vão abordar as estratégias intersetoriais de enfrentamento, o impacto dos grandes eventos esportivos que vão acontecer no Brasil em 2013, 2014 e 2016 e sua relação com a exploração sexual de crianças e adolescentes; e cases empresariais com foco na qualidade de vida do caminhoneiro, visto como agente de proteção dos direitos das crianças e adolescentes. Um dos pontos altos é o debate sobre a importância da comunicação no enfrentamento da ESCA nas rodovias, mediado pelo radialista Pedro Trucão.

A participação é restrita às Signatárias do Pacto Empresarial. São apenas 150 vagas e a confirmação de reserva será feita a partir do depósito bancário referente à taxa de inscrição, no valor único de R$ 250,00 (duzentos e cinquenta reais) por participante. Portanto, bloqueie a sua agenda na data para não ficar de fora.

8h00
Abertura

8h10

Conversa com apoiadores institucionais, patrocinadores e apoiadores

9h00

Panorama do Programa Na Mão Certa

9h45

Painel – Estratégias intersetoriais de enfrentamento
•  PRF Comissão Direitos Humanos – Projeto Mapear

10h45

Painel – Grandes Eventos
•  Organização Internacional do Trabalho
•  Instituto Ethos
•  Pesquisador Elder Cerqueira-Santos
11h45
Lançamento Coleção de Guias Grandes Eventos
12h15
Encerramento

12h30 – 13h30

Almoço
13h30
Abertura
13h45
Painel – Importância da comunicação no enfrentamento da ESCA nas rodovias
•  Mediador: Radialista Trucão
14h45
Painel – Como a qualidade de vida e a educação continuada do caminhoneiro impactam no enfrentamento da exploração sexual de crianças e adolescentes nas rodovias?
•  Apresentação de cases empresariais
17h00
Encerramento

 

Serviço:
6º Encontro Empresarial do Programa Na Mão Certa
Data : 22/08/2012
Local : Hotel ITC Faria Lima – Rua Fidêncio Ramos, 420 – Vila Olímpia – SP

Uma plateia cada vez maior

Devido à sua importância, o Encontro Empresarial tem atraído mais empresas signatárias a cada ano, promovendo grande troca de informações, cooperação e sinergia entre elas. A primeira edição, em 2007, contou com a presença de 44 representantes de empresas; fundamental na consolidação dos princípios de responsabilidade social junto às signatárias, recebeu no ano seguinte mais que o dobro de participantes.

Com 117 inscritos, a edição de 2009 inovou ao introduzir uma mesa especial de debates com caminhoneiros e, em 2010, apresentou painéis focados nos três eixos estratégicos doPrograma: Prevenção e Proteção, Articulação e Educação. No ano passado, uma plateia de 120 pessoas — incluindo a princesa Madeleine da Suécia e a senhora Charlotte Brandin, diretora executiva da Childhood Estados Unidos —, assistiu os debates com a presença de vários especialistas, que forneceram subsídios às empresas sobre a violência sexual e o sistema de garantia de direitos da criança e do adolescente. Na ocasião, também foi lançada o CD doPrograma Na Mão Certa.

Fonte: http://www.namaocerta.org.br/bol_11201.php

O ano de 2011 chega ao final com mais um excelente desempenho na confluência de esforços e na disseminação da causa do enfrentamento à exploração sexual de crianças e adolescentes.

22 dezembro 2011   //   Por Cristiano Tilli Montini   //   Notícias  //  Sem Comentários

O quadro de signatárias do Pacto Empresarial do Programa Na Mão Certa teve uma alta de mais de ¼ em relação a 2010, e como resultado ultrapassamos a marca de 1.000 empresas que assumiram compromisso com a formação de multiplicadores e conscientização de parceiros, fornecedores e concorrentes em prol da erradicação deste drama das rodovias.

Também demos um grande passo para expandir nossa influência para além das empresas signatárias. Graças à parceria de mídia com a Rádio Globo, firmada em março, o quadro “Globo Estrada Na Mão Certa” leva a mensagem do enfrentamento à exploração sexual de crianças e adolescentes para os motoristas autônomos que não possuem vínculo com as empresas do Pacto. Há nove meses, toda quinta-feira, o jornalista e apresentador do programa Globo Estrada, Pedro Trucão, orienta os caminhoneiros a colaborarem na denúncia de casos de exploração sexual e sensibiliza seus ouvintes à causa — para nós é muito importante que esse assunto deixe de ser um tabu e que o caminhoneiro passe a se ver como um agente de proteção à infância e à juventude.

Além da parceria no rádio, Trucão também atuou na produção e criação de um programa em áudio do Programa da Mão Certa, que une as diversas mensagens de conscientização e engajamento com sucessos sertanejos que acompanharão a viagem dos motoristas. Concebido para dar às empresas uma opção de presente a seus colaboradores, o CD é uma iniciativa de sucesso. Um de seus propósitos é criar uma rede de proteção nas rodovias: por isso, em sua capa, o CD pede a seu interlocutor que presenteie um colega de estrada após ouvi-lo, para que as mensagens de apenas um CD possa atingir o maior número possível de pessoas.

2012 impõe o desafio de tornar a atuação das signatárias mais efetiva. Quase 300 empresas, todas com adesões firmadas antes de 31 de dezembro de 2010, ainda não realizaram sua atualização cadastral — principal instrumento para que a coordenação do Programa conheça o tamanho do movimento e acompanhe os compromissos do Pacto. É por meio desta ação que as empresas dão seu primeiro passo para preencherem a lista de ações mínimas e efetivamente contribuírem para a causa.

Passada a etapa de consolidação da presença do Programa em setores econômicos estratégicos, amealhando a adesão de empresas para firmar sua legitimidade, a qualificação das signatárias é de longe a prioridade. No segundo semestre de 2011, o Ciclo de Workshops promoveu 20 oficinas, percorrendo dez grandes cidades de quatro diferentes regiões; isso sem contar as 13 oficinas in-company. Juntos, esses eventos capacitaram ao longo do ano 385 profissionais. Em todos os encontros, uma oportunidade única para instrumentalizar as empresas signatárias na criação e desenvolvimento de suas ações de enfrentamento, proporcionando uma série de atividades voltadas especificamente para a formação e capacitação de novos agentes.

Baseado nos ótimos resultados do 5º Encontro Empresarial — que reuniu especialistas e protagonistas do sistema de garantias de direito diante de 120 representantes de empresas do Pacto, que puderam compreender toda a complexidade da exploração sexual de crianças e adolescentes e a mobilização de diversos atores sociais em sua prevenção — a coordenação do Programa, junto com o Comitê de Gestão Participativa, começará um estudo para realizar Encontros Empresariais Regionais integrados à reciclagem de pontos focais, que reuniria um número menor de empresas do que o nacional.

Meus sinceros agradecimentos a todos que acreditam e vêm trabalhando conosco nesta causa.

Desejo a todos um feliz 2012!

Rosana Junqueira
Coordenadora de Programas
Childhood Brasil

[email protected]

Polícia Rodoviária Federal irá acirrar a fiscalização sobre exploração sexual nas estradas

12 dezembro 2011   //   Por SEQTRA   //   Segurança Viária  //  Sem Comentários

Durante o 2º Encontro Nacional das Comissões de Direitos Humanos da Polícia Rodoviária Federal, ocorrido entre os últimos dias 28 e 30 no Rio de Janeiro, foi lançada uma nova diretriz da corporação que visa ajudar no combate à exploração sexual de crianças e adolescentes em pontos de alta vulnerabilidade. A medida, que passará a vigorar em dezembro para todas as equipes operacionais das comissões regionais de direitos humanos, incluirá instruções e orientações para identificação e encaminhamento de casos de exploração sexual no cartão-programa de seus funcionários — o material fornece ao profissional uma relação de todas as atribuições diárias de sua ronda.

“Serão inseridos em todos os cartões informações sobre os pontos vulneráveis a serem fiscalizados”, diz Márcia Vasconcelos, presidente da Comissão Nacional de Direitos Humanos da Polícia Federal Rodoviária. “As ações de encaminhamento de adolescentes e responsabilização de infratores serão diárias, ao invés de acontecer de seis em seis meses.”

Este reforço na ação coercitiva espera, a médio e longo prazo, reduzir significativamente os casos de exploração sexual. Márcia reconhece que o resultado imediato de uma fiscalização mais ativa e presente é o aumento em flagrantes e em autos de infração; por isso mesmo, a Polícia Rodoviária Federal busca articulações com instâncias do sistema de garantias de direitos de crianças e adolescentes.

“Nosso objetivo com a intensificação do combate a esse crime não é apenas responsabilizar os infratores, mas também evitar revitimizações”, complementa Márcia. “Celebramos um acordo de cooperação técnica com a Secretaria de Direitos Humanos e reforçamos nossa ação junto ao conselho tutelar, ao qual encaminhamos crianças e jovens que precisam de orientação e apoio afetivo, psicológico e emocional.”

Durante o seminário, também foi exprimido o desejo da corporação em criar, dentro de sua estrutura, uma área com profissionais especificamente voltados à vigilância e garantia dos direitos humanos — hoje, o tema compete com as outras atribuições que constituem o dia a dia dos policiais. “Estamos tentando conseguir junto ao Ministério da Justiça a criação desta comissão”, sublinha Márcia, para quem esta medida vai de encontro com os anseios do órgão de aperfeiçoar continuamente a capacitação dos multiplicadores regionais. “É importante que todos eles adotem um olhar clínico e preciso na identificação de situações de tráfico humano e exploração sexual.”

A coordenadora de programas da Childhood Brasil, Rosana Junqueira, foi uma das palestrantes do Encontro. Em sua exposição, Rosana apresentou o Programa Na Mão Certa aos profissionais das comissões regionais da Polícia Rodoviária, que conheceram a influência que ele exerce sobre os setores de responsabilidade social e recursos humanos de grandes empresas, e a abrangência do Programa sobre toda a cadeia de fornecedores e colaboradores que trabalham nas rodovias brasileiras.

Fonte: http://www.namaocerta.org.br/bol_9802.php

SEQTRA ajuda no combate da exploração sexual

10 novembro 2011   //   Por SEQTRA   //   Notícias  //  Sem Comentários

A empresa de engenharia logística assinou o Pacto Empresarial, do Programa Na Mão Certa, que visa combater a exploração sexual infantil

A exploração sexual de crianças e adolescentes nas rodovias brasileiras é algo que precisa ser combatido com mais afinco pela sociedade e pelos atuantes do setor de transporte. Com esse objetivo, a Childhood Brasile e o Instituto ETHOS, organizações que têm por objetivo proteger os direitos da infância, criaram o Programa Na Mão Certa, que possui uma importante ferramenta para combater esse tipo de prática criminosa. Trata-se do Pacto Empresarial, um termo de compromisso que pode ser assinado por qualquer empresa ou entidade empresarial que tenha relação com as estradas ou com caminhoneiros.

A SEQTRA Engenharia Logística anunciou seu apoio ao projeto assinando o pacto de compromisso recentemente. “A nossa adesão e assinatura do Pacto Empresarial é uma afirmação pública de que a SEQTRA compreende o seu papel social e se sente também responsável pelo desenvolvimento e bem-estar de crianças e adolescentes”, comenta Dario Palhares, presidente da SEQTRA Engenharia Logística.