SEQTRA Engenharia Logística & Negócios Sustentáveis » PRF http://www.seqtra.com.br Thu, 29 Sep 2016 14:32:41 +0000 pt-BR hourly 1 Fim de ano com menos mortes nas rodovias federaishttp://www.seqtra.com.br/2012/01/06/fim-de-ano-com-menos-mortes-nas-rodovias-federais/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=fim-de-ano-com-menos-mortes-nas-rodovias-federais http://www.seqtra.com.br/2012/01/06/fim-de-ano-com-menos-mortes-nas-rodovias-federais/#comments Fri, 06 Jan 2012 10:47:06 +0000 SEQTRA http://www.seqtra.com.br/?p=1464 Link com o release completo com tabelas e gráficos: http://goo.gl/Byslu

Brasília, 03 de janeiro de 2012 – Mesmo com o aumento da frota de veículos registrados, de 8%, em relação ao ano anterior (de 64.817.974 para 69.987.5091) e com um período com a mesma complexidade climática, com chuvas por todo o país, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) atendeu um montante absoluto de acidentes fatais 15% menor, com 18% menos mortes, que na operação “fim de ano”, em 2010. Em números, de 16 de dezembro de 2011 a 02 de janeiro de 2012, foram 380 acidentes fatais em que 460 pessoas morreram. No período similar do ano anterior, 17 de dezembro de 2010 a 03 de janeiro de 2011, a PRF atendeu a 442 acidentes fatais, com 558 mortes.

Além da menor quantidade de mortos, a PRF também registrou um menor número de feridos: foram 6.140, na operação “fim de ano” 2011/2012, contra 7.272, em 2010/2011. A redução no número de vítimas vem ao encontro do objetivo da PRF nas ações desenvolvidas, a redução da gravidade dos acidentes. Porém, ainda que o foco estivesse no achatamento da letalidade e vitimização nas ocorrências de trânsito atendidas, o número de acidentes também caiu em relação ao ano anterior. Foram 10.536 neste período e 11.643, no passado, 10% a menos.

Como já afirmado no feriado de Natal, entre os fatores que podem ser elencados como contribuintes para a redução da gravidade das ocorrências de trânsito atendidas pela PRF estão as ações integradas de fiscalização – é importante lembrar que, por exemplo, a maior parte dos “acidentes” envolvendo motoristas embriagados acontece em áreas urbanas, onde é necessário que cada órgão feche o cerco à embriaguez ao volante, o combate às infrações de trânsito responsáveis pelos acidentes mais graves (como as ultrapassagens proibidas, a velocidade e, novamente, o combate à embriaguez ao volante), além de a uma provável sensibilização dos motoristas, tanto pela veiculação de alertas nos noticiosos (nunca se falou tanto de trânsito no Brasil, como em 2010), quanto pelas campanhas de trânsito, que foram intensificadas nos últimos dias.

Taça cheia.

Mais de 1.800 motoristas foram testados diariamente pela PRF. Nos 18 dias de operação, 33.285 motoristas assopraram os bafômetros da PRF. 1082 foram reprovados e retirados de circulação. Dos reprovados, 462 foram presos no ato da fiscalização por crime de trânsito (art.306 do Código de Trânsito Brasileiro). Todos eles tiveram a carteira de habilitação recolhida, foram autuados em 957,70 reais e terão o direito de dirigir suspenso. Já os presos em flagrante, além das penalidades anteriores, deixaram de ser primários perante a Justiça.

Réveillon

Foi no réveillon que a queda no número de mortes nas rodovias federais sofreu a maior redução, quase a metade do período passado, 44%. Comparando de sexta a segunda-feira, (31/12/10 a 03/01/11 e 30/12/11 a 02/01/12), foram 134 óbitos durante a operação anterior, contra 75, na recém-encerrada.

Fonte: http://www.dprf.gov.br/PortalInternet/visualizacaoTextoComFoto.faces;jsessionid=2CF6C09CF1CCB537D12A5319D456D2A8.node30187P00?id=275013

]]>
http://www.seqtra.com.br/2012/01/06/fim-de-ano-com-menos-mortes-nas-rodovias-federais/feed/ 0
PRF registra 20% menos mortes nas viagens de Natal de que em 2010http://www.seqtra.com.br/2011/12/26/prf-registra-20-menos-mortes-nas-viagens-de-natal-de-que-em-2010/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=prf-registra-20-menos-mortes-nas-viagens-de-natal-de-que-em-2010 http://www.seqtra.com.br/2011/12/26/prf-registra-20-menos-mortes-nas-viagens-de-natal-de-que-em-2010/#comments Mon, 26 Dec 2011 19:28:42 +0000 Cristiano Tilli Montini http://www.seqtra.com.br/?p=1421 A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou 91 mortes em acidentes nas rodovias do país durante as viagens de Natal deste ano. O número de vítimas é 20% menor de que o registrado no mesmo período (de sexta-feira a domingo) em 2010, segundo comunicado divulgado pela PRF nesta segunda-feira (26).

O número de feridos também foi menor: 1.455 em 2010, contra 1.251, em 2011. No ano passado, 114 pessoas perderam a vida em ocorrências de trânsito nas rodovias federais.

Segundo a PRF, a quantidade de mortos foi menor, entre outros fatores, por causa das ações integradas de fiscalização, do cerco às infrações de trânsito responsáveis pelos acidentes mais graves (como as ultrapassagens proibidas e o combate à embriaguez ao volante), e a uma “provável sensibilização dos motoristas pelas campanhas de trânsito, que foram intensificadas nos últimos dias”, diz o comunicado.

A PRF informa que 18.128 motoristas assopraram o bafômetro nas rodovias federais durante o fim de semana. A PRF flagrou 659 motoristas embriagados, destes, 297 foram presos por crime de trânsito no momento da fiscalização. Outros 2.975 motoristas foram flagrados em ultrapassagens em locais proibidos.

Fonte: http://g1.globo.com/brasil/noticia/2011/12/prf-registra-20-menos-mortes-nas-viagens-de-natal-em-relacao-2010.html

]]>
http://www.seqtra.com.br/2011/12/26/prf-registra-20-menos-mortes-nas-viagens-de-natal-de-que-em-2010/feed/ 0
Operação inédita nas estradas vai reduzir número de acidentes graveshttp://www.seqtra.com.br/2011/12/22/operacao-inedita-nas-estradas-vai-reduzir-numero-de-acidentes-graves/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=operacao-inedita-nas-estradas-vai-reduzir-numero-de-acidentes-graves http://www.seqtra.com.br/2011/12/22/operacao-inedita-nas-estradas-vai-reduzir-numero-de-acidentes-graves/#comments Thu, 22 Dec 2011 17:51:58 +0000 Cristiano Tilli Montini http://www.seqtra.com.br/?p=1417 Brasília, 19/12/2011 (MJ) – Em ação inédita, o governo federal lança, nesta segunda-feira (19/12), a Operação RodoVida. O objetivo é reduzir a gravidade dos acidentes de trânsito com ações integradas entre a Polícia Rodoviária Federal (PRF), policias estaduais e agências de trânsito.

Diagnóstico realizado pela PRF mostra que 60 trechos de dez quilômetros de extensão respondem por 22% dos acidentes mais graves atendidos pela corporação. É nesses 600 quilômetros de rodovias que as ações coordenadas pela PRF acontecerão entre 19 de dezembro e 27 de fevereiro de 2012.

Uma característica comum a todos esses pontos levou à integração das ações: em todos existe a confluência de vias estaduais ou municipais para as rodovias federais. Assim, a ação simultânea nas rodovias e vias de acesso vai aumentar a segurança e propiciar a redução dos acidentes.

A ação integrada da Operação RodoVida se dará por Blitzen simultâneas nas BRs, rodovias estaduais ou vias municipais nas proximidades dos pontos críticos. O foco estará no combate à embriaguez ao volante e na fiscalização de motocicletas. O primeiro por ser uma das principais causas de acidentes graves e o segundo por ser um veículo que vem se destacando em relação ao número de acidentes nos últimos anos. Em 2011, de janeiro a setembro, a PRF atendeu 25.437 acidentes com motociclistas, com 18.083 feridos leves, 8.166 feridos graves e 1621 óbitos.

Estima-se que o custo social dos acidentes nas rodovias federais este ano foi de R$ 7,9 bilhões (considerando o período de janeiro a setembro).


Campanha

O Ministério das Cidades, por meio do Departamento Nacional de Trânsito ( Denatran), lança a campanha de conscientização sobre não dirigir depois de consumir qualquer quantidade de bebida alcoólica.

Norteada pelo conceito “Bebida e direção. O efeito do álcool passa, a culpa fica para sempre”, a campanha mostra o sentimento de culpa de quem causa uma tragédia depois de dirigir sob o efeito do álcool.

As peças publicitárias chamam atenção também para o número de mortos e feridos graves em consequência dos acidentes relacionados à embriaguez.


Lista de pontos onde ocorrem acidentes mais graves

IDUFBRKm

ACIDENTES

Índice de Gravidade
Com vítimas fataisCom vítimas feridasSem vítimas
1PA3160-10184231.6714236
2SC101200-210174769803785
3ES2620-10123669433073
4ES101260-270182739302745
5CE2220-10223513592664
6SP116220-230222895552550
7SC101210-220113445282523
8GO400-10222643892259
9MG381480-49092368102215
10PR376170-18072935322172
11CE1160-10252264012156
12MG381490-500162067152145
13GO153500-510222323032013
14SC2820-1082455491974
15RJ116170-180161507941944
16SC47050-6032495731893
17SP116210-220152124391874
18RS116240-250161775681853
19PB23020-30152143561801
20RS116260-27021738711786
21RO31920-3042295011746
22PE10160-7092005181743
23RJ101320-33051358641664
24PR476120-13052204011626
25RS116250-260131366171622
26RN10190-10041407801580
27RN101100-110131644171562
28PR476130-14061794631508
29PE10170-80131763031508
30PR376180-190102022241484
31SP116140-150111563971452
32BA324610-620211063881443
33PB23010-20101574011436
34PB23030-40101563941424
35RJ40120-130101086161406
36AL316270-28091862181373
37RJ40110-120141084771367
38PR376660-67071195771347
39RJ116160-17013994731293
40PE10180-90141163451275
41PI343340-350141272881273
42SC101110-12071423711256
43SC47060-70111462191224
44ES101140-15031613081188
45SP116270-280151162251180
46PR2770-10111352291179
47PA31610-20101262861166
48PR369150-16051482991164
49SC101190-20031712271157
50RO364340-35081561421122
51PR277720-73051611891119
52PR116110-120111172441104
53RO364710-72051512241104
54PI3160-10131072221082
55SC101140-15051452231073
56RJ101310-32012982721062
57SC101120-13091082851050
58SC28050-6031581781043
59MG40510-520121111741029
60PE10150-6013912471027

Fonte: Departamento de Polícia Rodoviária Federal. Dados de 2010.

O índice de gravidade é baseado em estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). O índice define pesos para os acidentes (acidente sem vítima: 1 ponto; acidente com vítima: 5 pontos; acidente com óbito: 25 pontos). Para o cálculo, multiplica-se o número de acidentes registrados no trecho pela pontuação de cada tipo. O somatório final é o índice de gravidade.

Fonte: http://portal.mj.gov.br/data/Pages/MJ27337B92ITEMID3CF184807C2B4431A47ACDF5C6426B93PTBRNN.htm

]]>
http://www.seqtra.com.br/2011/12/22/operacao-inedita-nas-estradas-vai-reduzir-numero-de-acidentes-graves/feed/ 0
Começa “Operação fim de ano” da Polícia Rodoviária Federalhttp://www.seqtra.com.br/2011/12/19/comeca-%e2%80%9coperacao-fim-de-ano%e2%80%9d-da-policia-rodoviaria-federal/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=comeca-%25e2%2580%259coperacao-fim-de-ano%25e2%2580%259d-da-policia-rodoviaria-federal http://www.seqtra.com.br/2011/12/19/comeca-%e2%80%9coperacao-fim-de-ano%e2%80%9d-da-policia-rodoviaria-federal/#comments Mon, 19 Dec 2011 12:40:38 +0000 Cristiano Tilli Montini http://www.seqtra.com.br/?p=1404 Mais de 9.200 agentes vão intensificar fiscalização até o dia 2 de janeiro com o objetivo de prevenir acidentes e combater infrações de trânsito.

A fiscalização da Polícia Rodoviária Federal (PRF) nos 68 mil quilômetros de rodovias federais do país está mais rigorosa a partir desta sexta-feira (16). A operação fim de ano contará com a atuação de 9.200 agentes se revezando em escalas até o dia 2 de janeiro.

Excesso de velocidade, ultrapassagens em locais proibidos e embriaguez ao volante serão o foco de combate da PRF. A fiscalização com bafômetros, radares e viaturas posicionadas em pontos estratégicos serão intensificadas em todo o país.

A recomendação é que os motoristas façam as manutenções necessárias nos veículos antes de viajar e que, durante o percurso, fiquem atentos principalmente nas pistas simples, devido às ultrapassagens, e também à alta velocidade nas pistas duplas.

Confira algumas dicas da Polícia:

Viagem de carro:
Revisão preventiva – Providenciar a checagem do automóvel mesmo para pequenas viagens. Faróis conferidos para ver e ser visto; pneus calibrados e em bom estado; motor revisado, com óleo e nível da água do radiador checados. Não se esquecer de verificar a presença e estado dos equipamentos de porte obrigatório, principalmente pneu estepe, macaco, triângulo e chave de roda, além dos limpadores de pára-brisa e luzes do veículo;

Pausas para descanso – O condutor deve programar paradas, pelo menos, a cada três horas. Quem se expõe a muitas horas dirigindo fica sujeito ao fenômeno da “hipnose rodoviária”, na qual se mantém com os olhos abertos, mas sem percepção da realidade à volta. Ela vem acompanhada de sonolência, perda de reflexos e de força motora.

Viagem de ônibus
Embarcar somente em terminais rodoviários homologados, evitando incentivar o transporte clandestino, que não oferece segurança nem garantias em caso de acidentes;

Em caso de assalto, nunca reagir. É importante lembrar que os criminosos agem rapidamente e sob pressão, podendo confundir gestos e movimentos bruscos.

Aerton Guimarães
Agência CNT de Notícias

Fonte: http://www.cnt.org.br/paginas/Agencia_Noticia.aspx?n=7976

]]>
http://www.seqtra.com.br/2011/12/19/comeca-%e2%80%9coperacao-fim-de-ano%e2%80%9d-da-policia-rodoviaria-federal/feed/ 0